ROTA NEWS -Jornalismo moderno com a cara do povo
 
Entrevista: “Precisamos nos esforçar bastante para que Elinaldo faça um bom governo", diz Oziel
03/02/17 as 09:37 pm
Ver Notícia

O Presidente do Legislativo Municipal de Camaçari recebeu o Rota News em seu gabinete para um bate-papo sobre sua gestão a frente da Casa, no biênio 2017 / 2018. Nossa entrevista estava marcada para 09h, a recepção do gabinete da presidência estava lotada de pessoas para falar com o mais novo comandante. Vereador em seu 2º mandato consecutivo – eleito em 2012 com 2.090 votos, já em 2016, ampliou para 2.222 e foi eleito presidente. Estamos falando de um político novo de carreira, porém ascendente, com idéias novas, seguindo moldes das novas lideranças políticas do país, baseadas nos anseios da população. O nome dele é Oziel dos Santos Araujo (PSDB), ou simplesmente Oziel. Nesta entrevista falamos das primeiras ações, dos desafios, relação com a oposição, com a sociedade, investimentos na TV Câmara e claro, planos para 2018. Boa leitura!

 

Rota News - Vereador no segundo mandato, considerado um jovem político e já assume a importante tarefa de presidir o legislativo municipal. Como estar sendo esse desafio?

 

Oziel - Pra mim uma honra poder está presidindo a Câmara de Vereadores de Camaçari. A gente sabe do grande desafio que é dirigir essa Casa, e feliz por ter sido escolhido pelos demais vereadores. Espero atender a essa expectativa. O motivo de ser ainda um vereador jovem não me tirou o desejo de conhecer o máximo possível, que pudesse conhecer da Câmara, no meu primeiro mandato. Eu Presidi a Comissão de Constituição e Justiça por 4 anos e tentei extrair naquela oportunidade as informações mais necessárias, para que a gente compreendesse melhor o funcionamento da Câmara e o funcionamento do governo municipal. O meu desejo é poder contribuir... e que a gente possa atender - talvez dentro dessa leitura atual - desse novo modelo que a sociedade tem pedido, da representação política, da gestão pública, esses são os meus maiores anseios. A expectativa é que a gente consiga realizar pelo menos o mais próximo possível daquilo que a sociedade espera de nós, que somos os representantes do povo.

 

Rota News – Como o senhor encontrou as contas da Câmara?

 

Oziel - Na realidade o que tenho tentado aqui, é exatamente ajustar o orçamento que nós recebemos - que é o mesmo da gestão anterior - à realidade que a Casa hoje tem. Nós temos a chegada de mais dois vereadores, né? Ou seja, um aumento no nosso quadro e com certeza esse aumento produzirá despesas, então e gente tem que otimizar os recursos, no sentido de continuar trabalhando e não deixar que, por  inviabilidade a Câmara venha parar. Isso significa dizer que é preciso reduzir as despesas e tentar realizar todos os contratos para que a gente consiga operar da melhor forma possível.

 

Rota News - Como disse, o número de vereadores aumentou, são dois a mais. O senhor pretende ampliar a estrutura física do prédio da Câmara?

 

Oziel - Eu não sei se esse é um desejo de todos os presidentes, mas os dois últimos que estiveram aqui, anteriormente, também tinham essa vontade de adequar. Eu acabei tendo essa mesma tarefa, quase que de forma “impositiva” por conta da ampliação do número de vereadores. Entendemos que as estruturas da Câmara, de fato, estão muito limitadas, nós precisamos fazer essa reforma. É uma necessidade! Essa ampliação do prédio precisa ser atendida o mais breve possível. Nesse primeiro momento, que não é possível se fazer, vamos nos adequar a essa realidade. A gente tem que reorganizar os espaços de atendimento dos diversos setores nesse mesmo prédio, nessa mesma estrutura. Se vier a existir a possibilidade de recursos para ampliação do prédio, havendo tempo hábil... nós faremos. Outra questão que pode nos impedir é esse fator do tempo, do calendário de atividades da Câmara, que acaba sendo muito curto para uma possível construção de um anexo. A Câmara pára em dois momentos, mais não chega a ser um tempo suficiente, dependendo da ampliação. Sendo uma pequena ampliação talvez se consiga, mas se for algo que demande uma construção maior, talvez não seja possível no recesso legislativo.

 

Rota News – Quais as prioridades do seu mandato na presidência do legislativo?

 

Oziel – Hoje a minha prioridade é exatamente: administrar com transparência; tentar levar á Câmara mais próxima as comunidades, aos bairros de Camaçari; aproximar o legislativo do cidadão; o contato; o acesso... Esses são os principais objetivos que vou me dedicar. Mas para isso é preciso está com a Casa em condição de fazer esse movimento, que a gente precisa fazer em toda cidade.

 

Rota News – Além da Tribuna Cidadã, quais outros canais a Câmara usará para se comunicar com a população?

 

Oziel – A gente percebe que há uma necessidade de existir uma participação maior do cidadão nas atividades do legislativo. Então a gente precisa abrir outros canais de comunicação, né? e... eu acredito que nós podemos fazer isso, inclusive com o uso das redes sociais, e nas sessões onde teremos algumas audiências públicas, em que a participação do cidadão será muito mais importante para a resposta que a gente está buscando.

 

Rota News – Seguindo essa mesma linha. Como será a relação com a imprensa local e como pretende dialogar com a sociedade através desses veículos?

 

Oziel – A imprensa de Camaçari tem tido um importante papel na mudança da forma de atuação dos gestores, já que ela sempre quer trazer ao conhecimento público, o que de fato as pessoas estão sentido. E muitas vezes as mudanças que ocorrem, não são percebidas pela cidade. Então a nossa idéia é que essa relação com a imprensa seja a mais transparente, a mais próxima e mais abrangente possível.

 

Rota News - A TV Câmara vai para internet?

 

Oziel – Vai para internert... espero que a gente consiga ir para TV aberta, para que as pessoas tenham mais acesso. Não sei se a gente vai consegui isso tudo, já nesse primeiro semestre, mas ao longo desse ano espero fazer todas as mudanças necessárias para alcanças esses dois objetivos, que é o sinal digital e a TV aberta.

 

A gente tinha um problema muito sério aqui, com a TV Câmara, com a transmissão na orla. Assistia-se na sede, mais não se assistia na orla. Agora, com o fim do sistema de transmissão analógico, nós também estaremos passando por essa migração para o digital. Com essa mudança, eu acredito que isso favorecerá a transmissão para a orla. Hoje, a TV é transmitida apenas pela TV a cabo, para que ela pudesse ter mais acesso precisaria ser um canal aberto, aí está o grande desafio nosso, né...? passar para o digital e também chegar a um canal aberta para que todas as pessoas tenham acesso. Porém precisamos seguir as questões legais e orçamentárias. São desafios, mas espero que eu consiga, estou concentrando todo esforço para agora, janeiro e fevereiro, para que as principais mudanças que a TV Câmara precisa obter, possa acontecer.

 

Rota News – Agora o senhor é governo e vai enfrentar uma oposição do seu antigo partido – o PT. Como fica essa relação com a oposição?

 

Oziel - Internamente é sempre uma relação cordial e cortês com todos os vereadores, a gente busca atender as necessidades possíveis e também dar as condições necessárias para que eles possam desenvolver o seu mandato. Essas ações precisam ser administradas pelo presidente da Câmara e nessa administração nós temos interlocução com todos os vereadores. Isso não está limitado ao partido onde estou filiado, onde o colega está filiado, essa relação é muito mais próxima pelo fato de eu estar administrando a Casa em que os 21 vereadores estão representando o povo de Camaçari.

 

Rota News - E em 2018? Alguma pretensão?

 

Oziel - 2018 é trabalhar bastante para que agente consiga eleger o nosso governador ACM Neto. Sabemos que isso passa por 2017, isso passa por 2018, de uma boa gestão aqui em Camaçari, então, eu e os vereadores que compõem a base do governo do prefeito Elinaldo precisamos nos esforçar bastante para que ele tenha uma excelente gestão, essa é minha expectativa, eu já tenho me dedicado bastante, sempre estou em conversa, em contato com o nosso prefeito pra poder não só entender como nosso governo funciona, mas também contribuir. Então, 2018 estar no nosso horizonte, mas eu sei que para ele ser bem sucedido, ele passa por uma excelente gestão. As demais decisões de 2018 com relação a projeto político vão ser construídas ao longo do tempo, e eu espero a gente possa construir juntos, como juntos chegamos até aqui.

 

 Por Gil Santana | Rota News | foto: Reymon Drums